Patrimônio cultural e gestão: Museu de Artes e Ofícios de Belo Horizonte
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Patrimônio cultural e gestão: Museu de Artes e Ofícios de Belo Horizonte

Autor(es): Álvaro Américo Moreira Sales                                                                                         

Periódico: Patrimônio: Lazer e Turismo             Volume: 7           Número: 11           Páginas: 116-131           Ano: 2010

Palavras-chave:
patrimônio cultural      gestão      museu                                                                             

Resumo: Uma das formas de proteção do patrimônio cultural é por meio do tombamento, que institui bens culturais. Alguns desses bens são utilizados como equipamentos culturais devido à sua importância no contexto urbano. Neste artigo, o equipamento analisado foi o Museu de Artes e Ofícios, que está localizado num edifício tombado na região central de Belo Horizonte. A gestão desse museu está diretamente relacionada ao bem cultural em que está localizado e, por isso, questiona-se como se dá relação entre patrimônio, equipamento cultural e entorno. Para tal, foi feita uma pesquisa qualitativa e exploratória e constatou-se que a relação entre patrimônio e gestão de equipamento cultural, no caso do Museu de Artes e Ofícios, foi positiva, pois gerou benefícios para o museu e o bem cultural.

Referência em formato ABNT:
SALES, Álvaro Américo Moreira. Patrimônio cultural e gestão: Museu de Artes e Ofícios de Belo Horizonte. Patrimônio: Lazer e Turismo, Santos (SP), v. 7, n. 11, p. 116-131, 2010.


Comunicar um erro nesta referência