Limites e perspectivas do ensino e da pesquisa em turismo: os municípios turísticos sustentáveis
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Limites e perspectivas do ensino e da pesquisa em turismo: os municípios turísticos sustentáveis

Autor(es): Reinaldo Dias                                                                                         

Periódico: Revista Brasileira de Docência, Ensino e Pesquisa em Turismo             Volume: 1           Número: 1           Páginas: 146-171           Ano: 2009

Palavras-chave:
turismo sustentável      turismo tradicional      política pública      desenvolvimento turístico                                                                       

Resumo: Este trabalho analisa o desenvolvimento do turismo, principalmente, na segunda metade do século XX. Parte-se da premissa que neste período o turismo tradicional esteve estreitamente vinculado ao modelo produtivo dominante. Este, caracterizado pela rigidez, padronização excessiva e com foco centralizado nos negócios, sofreu um processo de transformação assumindo um perfil diferente, oposto, marcado pela flexibilidade, diversificação no atendimento da demanda, e com foco predominante da atividade turística como política pública e com a conseqüente criação de municípios turísticos sustentáveis. Essas mudanças refletiram e refletem na organização e estrutura dos cursos de turismo que convivem, num período de transição paradigmática, com dois modelos. Neste artigo pretendemos analisar qual deve ser o novo perfil dos egressos nos cursos de turismo, bem como contribuir para identificação da maior relevância que assume a disciplina nos processos de desenvolvimento locais na perspectiva de fortalecimento da sustentabilidade turística municipal.

Referência em formato ABNT:
DIAS, Reinaldo. Limites e perspectivas do ensino e da pesquisa em turismo: os municípios turísticos sustentáveis. Revista Brasileira de Docência, Ensino e Pesquisa em Turismo, Cristalina (GO), v. 1, n. 1, p. 146-171, 2009.


Comunicar um erro nesta referência