Territorialidade, conflitos socioambientais e a atividade turística em unidades de conservação: uma discussão conceitual
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Territorialidade, conflitos socioambientais e a atividade turística em unidades de conservação: uma discussão conceitual

Autor(es): Luís Ricardo Rodrigues de Araújo      Rosemeri Melo e Souza                                                                                   

Periódico: Revista Nordestina de Ecoturismo             Volume: 5           Número: 2           Páginas: 28-45           Ano: 2012

Palavras-chave:
territórios      conflitos socioambientais      turismo      unidades de conservação                                                                       

Resumo: Atualmente, diante do crescimento de ações que proporcionam o aumento da apropriação social de espaço, é notória a importância da inserção de conceitos sobre territorialidade em discussões acerca de conflitos socioambientais. A territorialidade possui papel de extrema relevância no processo de formação e desenvolvimento dos mais diversos grupos de atores sociais. É neste processo que conflitos sociais são evidenciados e podem ser trabalhados face discussões que envolvam as relações de poder (territorialidades) geradas em um determinado território. As Unidades de Conservação (UC) devem servir como ferramenta para a harmonização entre os atores envolvidos na área e a unidade de relevância natural, porém a implementação de uma nova UC, pode gerar conflitos entre os diversos setores da sociedade que estão envolvidos.. O turismo, atividade em franca em expansão no Brasil, define-se como atividade comercial complexa que envolve diversos atores de diversos níveis da sociedade. Esta atividade, quando realizada em áreas de grande relevância natural, pode ser fomentadora de conflitos socioambientais, causados por relações de poder na área onde é praticada. Diante do exposto, o presente trabalho procura discutir alguns conceitos acerca de territorialidade face a atividade turista como potencial causadora de conflitos socioambientais presentes em Unidades de Conservação. Para tanto, inicialmente foram apresentadas, a partir de um apanhado histórico, diferentes vertentes conceituais de território, unidades de conservação, relações de poder e conflitos socioambientais. Posteriormente, foi realizada uma discussão sobre os conceitos dos elementos citados, procurando ligá-los às exigências de uma discussão sobre conflitos socioambientais em unidades de conservação. Os resultados deste trabalho apresentam elementos que poderão ser utilizados em áreas que tragam como temática a discussão sobre conflitos socioambientais não só em UC’s, mas também nos mais diversos tipos de territórios.

Referência em formato ABNT:
ARAÚJO, Luís Ricardo Rodrigues de; SOUZA, Rosemeri Melo e. Territorialidade, conflitos socioambientais e a atividade turística em unidades de conservação: uma discussão conceitual. Revista Nordestina de Ecoturismo, Aquidabã (SE), v. 5, n. 2, p. 28-45, 2012.


Comunicar um erro nesta referência