Consumer-based cave travel and tourism market characteristics in West Java, Indonesia
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Consumer-based cave travel and tourism market characteristics in West Java, Indonesia

Autor(es): Eva Rachmawati      Arzyana Sunkaro                                                                                   

Periódico: Tourism and Karst Areas             Volume: 6           Número: 1           Páginas: 57-71           Ano: 2013

Palavras-chave:
Viagens em cavernas      Espeleoturismo      Espeleoturistas      Segmentos de mercado                                                                       

Resumo: Cavernas estão entre as primeiras feições geológicas documentadas como atrativos para o geoturismo. O espeleoturismo na Indonésia ainda está em seu estágio inicial, alinhado com a crescente popularidade do geoturismo e ecoturismo, trazendo grandes perspectivas. O principal objetivo deste estudo foi identificar as condições atuais de mercado baseadas em consumo, para viagens de espeleoturismo em West Java da Indonésia, centrado sobre os motivos e as características dos visitantes (sócio-demográficas, comportamentais e psicográficas-geográficas). A amostra foi composta de visitantes que visitaram cavernas dentro dos Distritos de Tasikmalaya e Ciamis, onde a maioria das cavernas em West Java estão localizadas. Características dos visitantes foram agrupadas com base em três motivações principais, especificamente recreação, busca de aventura e fins religiosos. Os resultados do estudo indicaram que os espeleoturistas de Java Ocidental são, basicamente, excursionistas, uma vez que não pernoitam no local. A maioria deles é proveniente de distritos e cidades que estão na proximidade das cavernas, sendo jovens solteiros e jovens-adultos do sexo masculino, com renda mensal de menos de US$ 100, que gostam de viajar com os amigos, e mostraram grande interesse em obter conhecimentos sobre o ambiente das cavernas. As cavernas foram mais visitadas durante as férias, e só os visitantes de aventura e com interesses na cultura permaneceram por mais de 3 horas. Os visitantes possuíam conhecimento limitado das cavernas, e suas necessidades de busca de conhecimentos foram compreendidas como a principal motivação para o espeleoturismo.

Referência em formato ABNT:
RACHMAWATI, Eva; SUNKARO, Arzyana. Consumer-based cave travel and tourism market characteristics in West Java, Indonesia. Tourism and Karst Areas, Campinas (SP), v. 6, n. 1, p. 57-71, 2013.


Comunicar um erro nesta referência