Somos o que consumimos: aspectos identitários e turismo contemporâneo
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Somos o que consumimos: aspectos identitários e turismo contemporâneo

Autor(es): Renata Coppieters Oliveira de Carvalho      Moises dos Santos Viana                                                                                   

Periódico: Turismo Visão e Ação             Volume: 16           Número: 3           Páginas: 690-709           Ano: 2014

Palavras-chave:
Cultura      Consumo      Turismo                                                                             

Resumo: Este artigo retrata o contraponto entre cultura, turismo e comunicação, de forma a buscar compreender a importância dos elementos culturais na construção da identidade e como são utilizados pelo turismo. A partir daí, reflete-se o processo de construção e de apropriação identitário num movimento de mercado, no qual a cultura será comunicada como mero produto. O problema então se resume em: Como funciona a identidade dos sujeitos sociais em referência aos aspectos da cultura material no consumo turístico? Neste caminho, faz-se uma abordagem ensaística e dialético-reflexiva de como as referencias culturais de uma cidade vão se transformando, (re)criando de tal forma que os símbolos são conduzidos para uma comunicação atrativa, em que o marketing oferece uma cidade turística. Para tal, tem-se como objeto a cidade de Porto Seguro, Bahia, modelo do nascimento do Brasil onde o mito fundador e os elementos indenitários, como gastronomia, artesanato e o seu povo, são referências culturais e ao mesmo tempo mercadoria típica do sistema capitalista. Desta forma, considera-se que o turismo contemporâneo apresenta-se como uma necessidade criada pelo sistema de capital, mas deve ser organizado com responsabilidade e compromisso com as comunidades receptoras e suas questões sociais e econômicas. .

Referência em formato ABNT:
CARVALHO, Renata Coppieters Oliveira de; VIANA, Moises dos Santos. Somos o que consumimos: aspectos identitários e turismo contemporâneo. Turismo Visão e Ação, Balneário Camboriú (SC), v. 16, n. 3, p. 690-709, 2014.


Comunicar um erro nesta referência