Gestão ambiental: investigação sobre a Área de Proteção Ambiental da Região do Maracanã (MA)
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Gestão ambiental: investigação sobre a Área de Proteção Ambiental da Região do Maracanã (MA)

Autor(es): Rosélis de Jesus Barbosa Câmara      Rozuila Neves Lima                                                                                   

Periódico: Revista Brasileira de Ecoturismo             Volume: 8           Número: 5           Páginas: 597-613           Ano: 2015

Palavras-chave:
Gestão Ambiental      Unidade de Conservação      Área de Proteção Ambiental      Região do Maracanã.                                                                       

Resumo: O presente trabalho trata sobre a temática sociedade/natureza e suas interações a partir de uma reflexão sobre a necessidade de se pensar mecanismos que aliem questões como desenvolvimento e proteção dos recursos naturais. Dentro dessa proposta, aborda sobre gestão ambiental em áreas naturais protegidas e a prática da atividade turística. Investiga a unidade de conservação Área de Proteção Ambiental (APA) da Região do Maracanã, o seu processo de gestão e os instrumentos adotados nesse processo. A APA está localizada a 18 km do centro de São Luís/MA e foi regulamentada em 1991 e além de seu valor ambiental, é detentora de representativo valor cultural e histórico. Sua gestão é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (SEMA). A investigação foi constituída de duas etapas delineadas em pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo. Durante a pesquisa de campo foram realizadas visitas técnicas a área de estudo para averiguar a situação da APA quanto a sua gestão. Também foram realizadas entrevistas com agente ambiental e com representante da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão. Como resultado, a pesquisa apontou que a situação atual da Área de Proteção Ambiental da Região do Maracanã é de risco e por isso requer a implantação imediata de uma gestão ambiental que seja capaz de garantir a manutenção da sua diversidade biológica, disciplinar seu processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade dos recursos naturais e culturais que motivaram a sua criação.

Referência em formato ABNT:
CÂMARA, Rosélis de Jesus Barbosa; LIMA, Rozuila Neves. Gestão ambiental: investigação sobre a Área de Proteção Ambiental da Região do Maracanã (MA). Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v. 8, n. 5, p. 597-613, 2015.


Comunicar um erro nesta referência