Pesca esportiva e pesca artesanal: Lazer e sobrevivência na Hidrelétrica de Tucuruí (PA)
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Pesca esportiva e pesca artesanal: Lazer e sobrevivência na Hidrelétrica de Tucuruí (PA)

Autor(es): Cleide Lima de Souza      Voyner Ravena Cañete                                                                                   

Periódico: Revista Brasileira de Ecoturismo             Volume: 8           Número: 5           Páginas: 614-633           Ano: 2015

Palavras-chave:
Lago Artificial      Pesca Esportiva      Pesca Artesanal      Memória Coletiva      Ecoturismo.                                                                 

Resumo: Este artigo descreve o cenário que envolve a pesca e suas nuances no lago artificial da hidrelétrica de Tucuruí-Pa (Brasil). Enfatiza as contradições no acesso e uso dos recursos pesqueiros que permeiam realidades bastante antagônicas: um grupo que realiza a pesca esportiva por diversão e lazer e outro de pescadores artesanais que busca o sustento nesta atividade, principal fonte de renda e de alimento. Os procedimentos metodológicos primaram pela investigação junto aos pescadores no interior do lago por meio de trabalho de campo e compilação de dados secundários em três municípios que detêm a maior produção de pesca (Tucuruí, Nova Jacundá e Novo Repartimento) dos sete que envolvem o lago. Tece análise a partir das políticas de ecoturismo, da pesca esportiva e da pesca artesanal. Utiliza-se da categoria memória coletiva para descrever o ambiente aquático anterior ao lago e compreender de que forma esta memória contribui para os pescadores locais e os imigrantes no processo de adaptação e criação de novas práticas para acesso e uso dos recursos pesqueiros. O artigo conclui que a pesca esportiva, concebida como uma atividade de ecoturismo desenvolvida em um ambiente fortemente impactado impõe uma nova dinâmica aos pescadores artesanais, demandando dos mesmos a informação sobre a localização dos pontos de pesca e a geografia do lago. Por outro lado, o pescador artesanal passa a se relacionar com a sociedade maior através do seu saber, estabelecendo uma relação com o mercado mediada por um novo produto: o saber sobre a própria atividade da pesca.

Referência em formato ABNT:
SOUZA, Cleide Lima de; CAÑETE, Voyner Ravena. Pesca esportiva e pesca artesanal: Lazer e sobrevivência na Hidrelétrica de Tucuruí (PA). Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, v. 8, n. 5, p. 614-633, 2015.


Comunicar um erro nesta referência