Identidade territorial e vitivinicultura: o enoturismo na Colonia Maciel/Pelotas-RS
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Identidade territorial e vitivinicultura: o enoturismo na Colonia Maciel/Pelotas-RS

Autor(es): Tiaraju Salini Duarte                                                                                         

Periódico: Revista de Turismo Contemporâneo             Volume: 2           Número: 2           Páginas: 227-247           Ano: 2014

Palavras-chave:
Enoturismo      vitivinicultura      imigração      identidade territorial                                                                       

Resumo: Este estudo teve como objetivo compreender os processos de identificação territorial de produtores rurais, a partir de um produto dotado de valor simbólico-cultural, a saber: o vinho na Colônia Maciel/Pelotas-RS. Além disso, busca-se analisar como a identidade territorial criada a partir da vitivinicultura relaciona-se ao processo do turismo no espaço rural, mais especificamente o enoturismo, o qual representa uma estratégia de reprodução social e territorial para as famílias rurais. Para esse entendimento tornou-se necessário remontar a história e identificar os fatores que levaram ao reconhecimento da vitivinicultura, presente há mais de um século na área estudada, como produto de um saber-fazer e que não se perdeu no tempo e no espaço, pelo contrário, continua percorrendo toda a estrutura social, econômica e cultural presente no rural. Como metodologia optou-se por uma revisão bibliográfica acerca do assunto elucidado anteriormente e pesquisa de campo com entrevistas abertas.

Referência em formato ABNT:
DUARTE, Tiaraju Salini. Identidade territorial e vitivinicultura: o enoturismo na Colonia Maciel/Pelotas-RS. Revista de Turismo Contemporâneo, Natal, v. 2, n. 2, p. 227-247, 2014.


Comunicar um erro nesta referência