Hospitalidade e prossumerização
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: Hospitalidade e prossumerização

Autor(es): George Ritzer                                                                                         

Periódico: Revista Hospitalidade             Volume: 12           Número: especial           Páginas: 12-41           Ano: 2015

Palavras-chave:
Hospitalidade      Inospitalidade      Prossumerização      Pequenas máquinas de prosumo      McDonaldização                                                                 

Resumo: A hospitalidade e a indústria da hospitalidade precisam ser reavaliadas na era do novo prosumidor e das pequenas máquinas de prosumo. As noções tradicionais de hospitalidade nos levam de volta a uma época remota e as mudanças em curso nos levam a repensá-las. Entre essas mudanças está o declínio dos padrões de oferta de hospitalidade, a diminuição das oportunidades de trabalho na área, a queda das oportunidades de oferta de hospitalidade para os trabalhadores que ainda mantêm os seus empregos, a perda de interesse em hospitalidade por parte dos consumidores, a automação dos serviços de hospitalidade e a estratificação crescente da indústria da hospitalidade. Por ser uma indústria global e graças à riqueza do mundo desenvolvido e da elitização de muitas partes do mundo, a indústria da hospitalidade sobrevive. No entanto, está cada vez mais dividida em um pequeno número de negócios que oferecem às elites o tipo de hospitalidade que nós tradicionalmente associamos com a indústria e uma vasta maioria de negócios que oferecem a todos os outros o que é melhor descrito como inospitalidade.

Referência em formato ABNT:
RITZER, George. Hospitalidade e prossumerização. Revista Hospitalidade, São Paulo, v. 12, n. especial, p. 12-41, 2015.


Comunicar um erro nesta referência