A Experiência Turística e o Turismo de Experiência: um estudo sobre as dimensões da experiência memorável
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: A Experiência Turística e o Turismo de Experiência: um estudo sobre as dimensões da experiência memorável

Autor(es): Eduardo Pezzi,      Silvio Luiz Gonçalves Vianna                                                                                   

Periódico: Turismo em Análise             Volume: 26           Número: 1           Páginas: 165-187           Ano: 2015

Palavras-chave:
Turismo      Turismo de experiência      Experiência turística memorável      Demanda turística      Gramado (RS)                                                                 

Resumo: Este artigo apresenta uma discussão entre teorias advindas da Antropologia, do Marketing e do Turismo, em especial sobre a temática relacionada à antropologia e economia da experiência, no intuito de analisar as dimensões da experiência, definidas por Pine II e Gilmore (1999) e Oh, Fiore e Jeoung (2007), que permitiram compreender a experiência dos turistas que visitaram Gramado (RS) nos anos de 2010 e 2011. Para alcançar o objetivo proposto foi realizada uma pesquisa exploratória de caráter descritivo que possibilitou a seleção, por meio de métodos quantitativos, de um conjunto de turistas oriundos de São Paulo (Capital) e que estiveram em Gramado (RS) entre os anos de 2010 e 2011, aos quais foi aplicada uma pesquisa qualitativa. Como principais constatações, percebeu-se que as dimensões estética, hospitalidade e entretenimento foram classificadas como as mais importantes para a formação de uma experiência memorável e, além disso, emergiram novas dimensões a partir da entrevista em profundidade com os turistas selecionados.

Referência em formato ABNT:
PEZZI,, Eduardo; VIANNA, Silvio Luiz Gonçalves. A Experiência Turística e o Turismo de Experiência: um estudo sobre as dimensões da experiência memorável. Turismo em Análise, São Paulo, v. 26, n. 1, p. 165-187, 2015.


Comunicar um erro nesta referência