A imagética das devoções populares e os espaços sagrados no semiárido cearense = The imagery of popular devotions and sacred spaced in cearense semiarid
Publicações de Turismo

Sobre

 

Nova busca:   Campo:   Tipo:     



Tipo: periódico

Título: A imagética das devoções populares e os espaços sagrados no semiárido cearense = The imagery of popular devotions and sacred spaced in cearense semiarid

Autor(es): Ivo Luis Silva,      Gláudia Mota Portela Mapurunga                                                                                   

Periódico: Revista Cenário             Volume: 3           Número: 4           Páginas: 147-163           Ano: 2015

Palavras-chave:
Espaços Sagrados      Catolicismo Popular      Peregrinações      Turismo Religioso                                                                       

Resumo: A finalidade no presente trabalho não é fazer uma descrição detalhada da religiosidade popular, mas percorrer as sinuosidade dessa tradição, ressaltado as práticas de deslocamento, devoção e pagamento de promessa. A cidade escolhida foi Canindé, localizada no semiárido cearense, lugar de fervorosa devoção à São Francisco de Assis. A romaria é local de encontro com Deus e com o outro, gestos de solidariedade vão sendo construídos, espaços de socializações e trocas de experiências com o vivido são formados. Recorre-se a pesquisa bibliográfica, documental, diário de campo, etnografia e observação participante,empregado na tentativa de compreender os fenômenos sociais com suporte numa investigação mais próxima dos significados e comportamentos humanos. Dentre os resultados estão os romeiros que se acham eternos devedores da graça; a fé ligada no deslocamento; o pagamento da promessa para si e terceiros; sacralidade da festa e a religiosidade ligada a lógica do merecimento.

Referência em formato ABNT:
SILVA,, Ivo Luis; MAPURUNGA, Gláudia Mota Portela. A imagética das devoções populares e os espaços sagrados no semiárido cearense = The imagery of popular devotions and sacred spaced in cearense semiarid. Revista Cenário, Brasília, v. 3, n. 4, p. 147-163, 2015.


Comunicar um erro nesta referência